domingo, 25 de setembro de 2011

Just Say Yes - SNOW PATROL

Eu estou ficando sem alternativas pra fazer com que você veja
Eu quero que você fique aqui ao meu lado
Eu não vou ficar legal e não vou fingir que estou
Então apenas me diga hoje e segure minha mão
Por favor, segure minha mão
Por favor, segure minha mão
Por favor, segure minha mão
Por favor, segure minha mão

Apenas diga sim
Apenas diga que não há nada te impedindo
Isso não é um teste nem um truque da mente
Somente amor

É tão simples e você sabe que é
Você sabe que é

Nós não podemos ficar indo e vindo assim por toda nossa vida
Você é o único caminho para mim
O caminho é claro
O que eu tenho a lhe dizer
Pelo amor de Deus, querida
Pelo amor de Deus, querida
Pelo amor de Deus, querida
Pelo amor de Deus, querida
Pelo amor de Deus, querida

Apenas diga sim, apenas diga que não há nada te impedindo
Isso não é um teste nem um truque da mente
Somente amor

Eu posso sentir seu coração bater através da minha camisa
Isso é tudo o que eu queria
Tudo o que eu quero
É tudo o que eu quero
É tudo o que eu quero
É tudo o que eu quero
É tudo o que eu quero

Apenas diga sim, apenas diga que não há nada te impedindo
Isso não é um teste nem um truque da mente
Somente amor
Apenas diga sim porque eu estou sentindo saudades e sei que você também está
Do toque da sua pele quente quando
Eu sinto seu cheiro.

Tu sabe que vai.

" Vai passar
Esse meu mal estar
Esse nó na garganta
Deixe estar...
O próprio tempo dirá
Água demais mata a planta
Tudo que é muito, é demais
Peço: me perdoe a redundância
Entrelinhas só quero lembrar
Que a terra fértil um dia se cansa
É uma questão de esperar
Relógio que atrasa não adianta
E o remédio que cura
Também pode matar
Como água demais mata a planta. "



quarta-feira, 14 de setembro de 2011

5 a seco - Pra você dar o nome.


Deixa pra lá que de nada adianta
esse papo de agora não dá.
Que eu te quero é agora, não posso
nem vou te esperar, que esse papo de um tempo
nunca funcionou com nos dois.
Sempre que der mande um sinal de vida
de onde estiver dessa vez
qualquer coisa que faça eu pensar
que voce está bem, ou deitada nos braços de um outro qualquer
que é melhordo que sofrer de saudade de mim como eu to de você
pode crer, que essa dor eu não quero pra ninguém
no mundo, imagina só, pra você.
Quero te ver dando voltas no mundo
indo atrás de você, sabe o que
e rezando "prum" dia você se encontrar
e perceber que o que falta em voce sou eu.



terça-feira, 13 de setembro de 2011

Sem contradições.

Se analisarmos nossas reações, a vida de solteira é mesmo um parque de diversão. Voce acha que é brincadeira e quando vê, seu coração parou. Adrenalina na veia quando o telefone toca. Falta de ar se o mundo não dá sinal.

quinta-feira, 8 de setembro de 2011

Vem.

Dessa vez não vou evitar dizer o que está na minha cabeça só porque eu sei que minha mente escorpiana vai negar no dia seguinte, não fugirei de palavras bonitas porque quem diz não é uma pessoa perfeita, não arrumarei mil defeitos pra brigar contra as novecentas e noventa e nove qualidades, não desviarei meus olhos por medo de ter minha mente lida, não sumirei por medo de desaparecer, não vou ferir por medo de machucar, não serei chata por medo de você me achar legal, não vou desistir antes de começar, não vou evitar minha excentricidade, não vou me anular por sentir demais e logo depois não sentir nada, não vou me esconder em personagens, não vou contar minha vida inteira em busca de ter realmente uma vida.
Dessa vez não vou querer tudo de uma vez, porque sempre acabo ficando sem nada no final.
Estou apostando minhas fichas em você e saiba que eu não sou de fazer isso. Mas estou neste momento frágil que não quer acabar. Fiquei menos cafajeste, menos racional, menos eu. E estou aproveitando pra tentar levar algo adiante. Relacionamentos que não saem da primeira página já me esgotaram, decorei o prólogo e estou pronta pro primeiro capítulo.